A Ceia do Senhor 
 
 

1Corintios 11:17-32; 
 

     A ceia é uma aliança e um memorial do que Cristo conquistou para nós e fez por nós, a expressão “fazei em memória de mim”, demonstra que devemos nos lembrar de tudo o que Cristo realizou desde o Seu nascimento até a sua ascensão aos céus.

     Mas estava acontecendo algo na igreja de Coríntios, que levou Paulo a escrever esta recomendação quanto à ceia do Senhor, pois eles estavam longe de praticar o que era a ceia.

     A ceia também era chamada de festa ágape ou festa do amor (Jd. 12), e sendo uma festa de amor, ela precisava atender o seu propósito, então Paulo começa a destacar alguns pontos que precisavam ser corrigidos dentro da igreja: 
 

  1.        Social.(V.22)
  2.           Partidária.(1Co.1:11-12)
  3.          Teológica.(1Co. 3:11)

Mas Paulo declara que isto é até necessário, para que sejam conhecidos os aprovados (2Tm. 2:15). 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 

Conclusão: A ceia é o momento mais oportuno para desfrutarmos da comunhão com Deus, da reafirmação da Sua aliança irrevogável com a sua igreja, de nos apossarmos dos benefícios da cruz, de sermos livres das mazelas das divisões, intrigas e partidarismos que o pecado produz e para que a igreja seja aquela que recebe a riqueza celestial para caminhar na sua vontade(Hb.10:10) 
 

José Carlos, pr